segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Desejo



Nossos corpos lado a lado
Nada aconteceu
Nessa noite como eu queria um abraço teu

Lua cheia, noite quente
Apenas você e eu
Um encontro que pelo acaso se deu

Desejo seu corpo ardendo, como imagino que arda o teu
O seu beijo uma fonte
Pra refrescar o peito meu

Correm as horas, você ainda não me pertenceu
Sua atitude não demonstra querer algo meu
Mais aflito, nunca durmo, espero um gesto seu

Aos céus imploro o desejo teu
A resposta é que a atitude, quem deve tomar sou eu
Mas estremeço ao direcionar meu braço ao seu
No meio do caminho, desisto, espero o teu

Movimentos da cama
Vira-se pra lá, viro eu

Agonia em pensar que pode ser meu
Que pode ser a ultima chance que a vida nos deu
Em repetir o que um dia já aconteceu
Que guardei em mim, e hoje como fogo acendeu

Deixo a chama acesa, esperando o frio seu

4 comentários:

Cintya Warmling disse...

Lindo! É só o que eu tenho a dizer...

Denise Barbosa disse...

Simplesmente lindo,quem nunca sentiu ou ainda sente esse desejo por uma pessoa amada,ou que esta a espera desse juntar novamente.
Muito lindo!

Amanda disse...

Lindoooooooooo !!

Nahiana disse...

DESEJO! O que seria da espécie humana se não fosse o tal do desejo? As vezes desejos sadios, outrora não tão sadios... mas eles estão ali, firme e forte nos acompanhando ou seria nos perseguindo??
"Correm as horas, você ainda não me pertenceu
Sua atitude não demonstra querer algo meu
Mais aflito, nunca durmo, espero um gesto seu"
Por que a gente ainda insiste em esperar pela outra pessoa? Particularmente sou MUITO assim! Seria o medo de dar com a cara na parede ou de levar um sonoro não? E não tem aquela famosa frase de que é melhor arrepender de algo que fez do que se arrepender do que não fez? Então, pergunto-me de novo! Por que raios a gente espera atitude de outra pessoa?
"Agonia em pensar que pode ser meu
Que pode ser a ultima chance que a vida nos deu"
Será sempre assim, enquanto o desejo e a insegurança nos acompanhar teremos uma constante dúvida de algo que poderia ter concretizado!

Enfim, Desejo seja sempre muito bem vindo! hihihihi

Parabéns pelo poema! Amei =)