sábado, 9 de junho de 2012

Coração de solteiro



Com a alma de solteiro meu olhar é serrador
Um flertar o tempo inteiro, um tarado pelo amor
Esse charme, essa tensão, de olhar alguém assim
Que explode no meu peito, pega fogo tudo em mim

Nessas ruas que caminho, os caminhos vão passar
Quem será que nessa vida, minha vida vai cruzar?
Nunca vi, mas vi de novo, e outro dia vi também
Um sinal que deixa louco, amor platônico, quem não tem?

Eis o louco desvairado, a mirar o amor carnal
Um alguém que nesse dia me será especial
Vou amar sem culpa alguma, promovendo o ser feliz
Vou viver cada momento sem ligar pro que mau diz

Um comentário: